Saudações leitores!


Recentemente a Novo Conceito lançou o livro “Dez Coisas que Aprendi Sobre o Amor” e segundo a editora este livro é tão perfeito que “era impossível não compartilhar um pouco desta bela história”. Foi enviado então para uma lista pessoas, um trecho de divulgação para ler e opinar a respeito do livro. Tem cinco minutos que terminei de ler e ainda estou digerindo cada página. É um texto cativante, sensível e ao mesmo tempo forte e arrebatador! E por mais que eu imaginasse, não esperaria encontrar personagens tão profundos como a Alice e seu pai. Não posso dar uma opinião mais firme, pois li apenas um pedacinho da obra, mas neste breve trecho que li, já consegui tirar lições valiosas. A #NC pediu para que compartilhássemos uma lista de 10 coisas que aprendemos sobre o amor, mas quero pedir licença para mudar um pouco e compartilhar com vocês...

10 Coisa que aprendi com este (trecho de) livro:
1) Uma vez que se apaixona, é quase impossível se desapaixonar, e isso não torna a vida mais fácil;
2) Quando se está perto da morte, procuramos pessoas que amamos em qualquer coisa ou lugar;
3) Muitas vezes as pessoas tentam nos mostrar o caminho que devemos seguir dizendo que é o melhor pra nós, sem deixar que nós mesmos façamos nossas escolhas;
4) É necessário dizer as pessoas que nós as amamos, é preciso fazer com que elas entendam e acreditem nisso;
5) Ocorrem situações nas quais tudo que queremos é que uma pessoa esteja ao nosso lado e segure nosso braço, mesmo que essa pessoa não seja a mais adequada no momento;
6) As vezes desejamos não ser notados por ninguém, apenas por uma pessoa que amamos e que nos faz falta;
7) Existem cores que representam nomes de pessoas;
8) Devemos cuidar apenas das coisas que realmente importam;
9) O tempo e o vento possuem uma característica em comum: marcam as pessoas;
10) A hesitação pode fazer com que alguém tire de nós algo muito importante.

Espero que tenham gostando! Tenho grande expectativas para este livro. Sei que ele promete lágrimas e reflexões. Talvez um final feliz, ou não.

"Você não pode sentir saudade de alguém que nunca conheceu. Mas sinto saudade de você."



Sinopse: A história fala sobre duas pessoas completamente diferentes e, ao mesmo tempo, que complementam-se: Daniel, um mendigo que lista diariamente os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu; e Alice, que não se sente à vontade entre a família que a cerca e também tem a sua lista, de coisas que a tornam feliz ou triste. O que eles tem em comum, devem estar me perguntando? O amor, é claro, esse sentimento que se torna um dos personagens principais, presente em toda a história.

Carpe Diem

Olá pessoa, tudo bom ?


Estava navegando pela internet quando me deparei com uma pesquisa que nos mostra os 20 livros mais comprados pelos brasileiros no 1º semestre de 2015, que teve um aumento de 8,6% em comparação com o mesmo período de 2014. Esta pesquisa foi publicada pela Flávia Resende, na Blasting News . Confira a lista:

 Em 1º lugar e 2º lugar temos como campeões de venda os dois livros pra colorir Jardim Encantado e Floresta Encantada ambos de Johanna Bassford, venderam 1 milhão 125 mil exemplares. 
3º lugar, temos Philia do Padre Marcelo Rossi.
4º lugar, Nada a perder Volume 3 de Edir Macedo.
5º lugar, Ansiedade: Como enfrentar o Mal do Século, de Augusto Cury.
6º lugar, temos Gayle Formam com Se eu ficar.
Em 7º lugar tems o lokão Christian Figueiredo com Eu Fico Loko.
8º lugar, temos um clássico que ainda em 2015 é um dos livros mais vendidos, Antoine Saint-Exupéry com O Pequeno Príncipe.
9º lugar com Não Se Apega Não, de Isabella Freitas.
10º lugar vem com o quarto livro da série A Herdeira, de Kiera Cass.
E do 11º ao 20º lugar vem: Cidades de Papel (John Green), Bela Cozinha (Bela Gil),Para onde Ela foi (Gayle Forman), Diário de um Banana - Caindo na Estrada (Jeff Kinney), Geração de Valor (Flávio Augusto da Silva), Jardim Encantado (Sophie Leblanc), O Poder da Escolha (Zibia Gasparetto), A Mágica da Arrumação (Marie Kondo), O Capital no Século XXI (Thomas Piketty) e Toda Luz que não podemos ver (Anthony Doerr).

Curtiram? Quais desses livros vocês compraram nesse primeiro semestre de 2015? Conta pra gente aqui nos comentários.

"Até 31 de agosto de 2015, a Andross Editora estará recebendo contos e crônicas de temática livre para publicação no livro NANQUIM”
 
A Andross Editora está recebendo contos de amor para publicação no livro "Nanquim - Contos e crônicas de temática livre”, a ser lançado em novembro de 2015 no evento Livros em Pauta.

Qualquer pessoa pode participar. Basta acessar o site www.andross.com.br, ler o regulamento de participação e submeter seu texto à avaliação. As inscrições vão até 31 de agosto de 2015.


Todos os autores que forem aprovados para publicação nessa coletânea automaticamente concorrerão ao STRIX, prêmio criado e concedido pela Andross Editora aos autores cujos textos mais se destacarem em suas coletâneas. O processo de votação encontra-se no site da editora.

Prêmio STRIX

SINOPSE DO LIVRO:
A invenção da escrita foi tão importante para a humanidade que dividiu as eras em História e Pré-História. Não existe um único lugar que podemos definir como o berço da escrita. Contudo, a civilização chinesa merece destaque por conta de sua incrível capacidade de difusão cultural, tendo inspirado outros povos a desenvolverem seus próprios sistemas alfabéticos. Mas a China não exportou somente seus caracteres. Sua tradicional tinta, batizada de “nanquim”, também se difundiu pelos povos do Oriente, propagando ainda mais a escrita, que evoluiu e chegou até nós quarenta séculos depois, trazendo o conhecimento dos livros e o entretenimento das histórias da ficção. Se hoje este livro de contos com temática livre chegou até suas mãos é porque bem lá atrás um oriental usou um pincel caligráfico com tinta nanquim para expressar ideias e sentimentos na criação de suas obras de arte.

 

SERVIÇO: 
Livro:Nanquim - Contos e crônicas de temática livre” 
Organização: Alfer Medeiros
Envio do texto: até 31/08/2015
Lançamento: 28 de novembro de 2015 (no evento Livros Em Pauta
Regulamento: no site www.andross.com.br 
Realização: Andross Editora






Abaixo, segue uma entrevista do editor da Andross sobre o processo de publicação. 
Vale a pena assistir.
  

Saudações leitores!

Hoje quero apresentar a vocês o Livro “Nova Berlim 2099” do autor Léo ACS! E eu estou super empolgada em ler porque, caramba, o autor é aqui da minha cidade linda Brasília! O/

Vocês sabem que eu já sou fã da literatura nacional, o Léo ser daqui aguçou muito mais minha curiosidade em conhecer seu trabalho. E mesmo Brasília sendo considerada uma das cidades do país com maior nível cultural, ainda são pouco os autores em seu berço literário. Espero que esta realidade comece a mudar, pois a leitura e o conhecimento são as molas propulsoras para uma sociedade pensante.

O livro está disponível para quem quiser ler, nos links que disponibilizarei abaixo, mas em breve sairá quentinho da gráfica (para aqueles que não se contentam com o digital e necessitam de ter o livro físico heheh)!

Conheça um pouco sobre o livro:

Em uma chuvosa manhã de quarta-feira, a Dan-ho Enterprises incomodava seus oficiais de segurança muito antes de seu suposto horário trabalho. Adler Johansen, Alana Lweiz, Karen Moss e Keith Anderson acreditavam que aquela seria apenas mais uma corriqueira chamada. Os atos reprováveis que se seguiram, a partir dessa data, nunca constarão em seus currículos, porém aqui se encontram detalhados. 

Estando na mira de suas concorrentes, de seus dependentes governamentais e de cultos religiosos extremistas, a multinacional japonesa Dan-ho Enterprises contará apenas com seus quatro oficiais de segurança, um grupo nada convencional, e sua parca equipe de segurança interna para manter sua isolada liderança.Após a Terceira Guerra Mundial, em 2023, poderosas potências globais foram completamente arruinadas e muito daquilo que constituía as nossas sociedades como as conhecíamos havia sido perdido. Uma nova corrida econômica seguiu-se, mergulhando vários países em uma guerra silenciosa pela posição de superpotência. Porém, o combate por essa ilusória dianteira durou apenas até 2025, quando ocorrera o inesperado Grande Terremoto que assolou o globo. 

A devastação estava claramente estampada em todos os lugares e muitas paisagens naturais haviam se transformado completamente. Em meio a isso, o provável único beneficiado ergueu-se de seu novo continente, tornando-se um império econômico. Megaempresas, responsáveis pelo surgimento dessa nova superpotência, oferecem agora todos os recursos de que o mundo depende atualmente, submetendo governos devastados e devedores. Sob um clima inexorável, essa delicada relação poderá mudar a qualquer momento.

Adquira grátis no site da Livraria Cultura clicando AQUI

Outros links para adquirir o livro:

 CARPE DIEM!