Se você escreve contos de amor e deseja ser publicado, eis a oportunidade. 

Você pode participar da coletânea SEM MAIS, O AMOR — CONTOS DE AMOR EM FORMA DE CARTAS, EMAILS, PÁGINAS DE DIÁRIO E OUTRAS FORMAS DE REGISTRO ESCRITO, organizada pelo escritor Leandro Schulai.


Qualquer pessoa pode participar. Para submeter um texto à avaliação, basta acessar o site da editora www.andross.com.br

O prazo para recebimento de textos vai até 30 de abril de 2017 e o lançamento será em outubro de 2017, no evento Livros em Pauta.

SINOPSE: Fernando Pessoa já dizia que “todas as cartas de amor são ridículas”. E afirmava veementemente: “não seriam cartas de amor se não fossem ridículas”. Mesmo não vivendo o suficiente para conhecer novas tecnologias de comunicação, o poeta sabia bem que a interação verdadeira entre duas pessoas que se amam se despe de vaidades e apresenta a pureza de um sorriso. SEM MAIS, O AMOR é uma coletânea de contos românticos em forma de cartas, emails, páginas de diário e outras formas de registro escrito. E o mais importante: são histórias ridículas! Exatamente como o poeta disse que tinham de ser.

Essa é sua oportunidade de se tornar um escritor!


Saudações literárias!


Em meu post de estreia no blog, fui incumbido da responsabilidade de resenhar nada mais, nada menos, do que a Criança Amaldiçoada! Espero que gostem!


Rowling, J. K.; Tiffany, John; Thorne, Jack. Harry Potter e a Criança Amaldiçoada. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2016. 352 p.

Nota: ✩✩✩✩

Sinopse: Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia, marido e pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêm de lugares inesperados.


E eis que J. K. Rowling nos leva de novo ao mundo mágico de Harry Potter!

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada começa com a família Potter levando seus filhos a mais um ano letivo em Hogwarts, sendo esse o primeiro ano de Alvo Severo Potter. Sim, é a mesma cena do epílogo de Relíquias da Morte! Só que mais explicada. Tem todo aquele dilema do Alvo em ser escolhido para a Sonserina e tudo mais, e Harry o aconselha – pausa para o fato de ser estranho ver o Harry como pai – dizendo que não importa a casa que ele vá.

Saudações Leitores!

Hoje nós temos aqui no blog mais um pouco da minha querida literatura nacional! O autor Luís Maldonalle me proporcionou outra vez uma viagem por sua escrita, coisa que aprecio desde a primeira vez que li algo dele. Então sem mais delongas, vamos ao que interessa!


Maldonalle, Luís. Com o Sangue Alheio. Lura Editorial, 2016. 160p.
Nota: ✩✩✩

Sinopse: Um escritor atormentado pelo horror do sucesso, com sangue em suas mãos. Uma tragédia encimada em remorso, alavancando o pior da alma humana em direção à uma armadilha. Ódio, e uma inabalável sede de vingança, espreitando como olhos na escuridão. O trágico e recente passado de volta à sua porta.

Neste mais novo lançamento, Maldonalle novamente deixa o sobrenatural de lado e dá lugar “ao recorrente e ás vezes torto caminho conduzido com o trejeito humano” e nos leva a conhecer Michael Blake, um escritor outrora fracassado, mas que por uma ironia do destino se torna o nome do maior Best Seller da atualidade.

Saudações leitores!

Chegou o novo ano (e o Mestre dos Magos nos deixou passar heheh), mas eu ainda preciso fazer alguns post’s relativos ao ano passado como o meu Top 10 – que ainda vou fazer – e a resenha de Mistério de Natal do meu autor favorito Jostein Gaarder.

Este livro estava em minha estante a algum tempo, mas por ironia do destino (pois 2016 foi um ano de muitas leituras conjuntas e poucas individuais), eu não havia lido ele. Maaas, este livro calçou como uma luva para ser lido neste Natal.

Sinopse: Durante os 24 dias anteriores à noite de Natal, o menino Joaquim acompanha um grupo de peregrinos que voltam no tempo para chegar a Belém, onde vão homenagear um recém-nascido. Uma fábula sobre a tolerância, na qual o autor de O mundo de Sofia traça um roteiro histórico do cristianismo.


Gaarder, Jostein. Mistério de Natal. São Paulo: Editora Companhia das Letras, 2007. 254p. Título original: The Christmas Mystery.
Nota: 

Eu confesso que comecei a ler com bastante expectativas pois amo a escrita do Jostein. O autor não escreve apenas uma simples narrativa, seu texto é inteligente e recheado de conhecimento, seus personagens são marcados pela característica de buscar um saber ou descobrir algum mistério. E sua escrita é envolvente e fluida.